Publicado zoneamento agrícola para mamão e coco

0
605

Normas indicam as áreas aptas e períodos de plantio com menor risco climático

zoneamento agrícola do mamão, para seis estados e Distrito Federal, e do coco, para Bahia, Espírito Santo, Goiás e Tocantins, foi publicado no Diário Oficial da União da última sexta-feira (20/08). As normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estabelecidas nas Portarias nº 269 a 278, indicam as áreas aptas e períodos de plantio com menor risco climático para as duas culturas.

O zoneamento do mamão para Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal recomenda solos profundos, permeáveis e com maior teor de matéria orgânica. As baixas temperaturas afetam o volume da produção.

No Brasil, são cultivados o mamão comum, dois tipos de papaia e o formosa. O fruto é plantado em quase todos os estados. Bahia e Espírito Santo são responsáveis por mais de 80% da produção nacional, 1,9 milhão de toneladas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já o coqueiro pode ser cultivado em diferentes tipos de solo, mas tem melhor desenvolvimento em solos arenosos e em regiões com volume de chuva em torno de 1.500 mm. A cultura irrigada é recomendada para os estados de Goiás e Tocantins. A produção goiana está em torno de 15,5 milhões de frutos, correspondendo a 0,8% da produção nacional. Em Tocantins, o cultivo do coco encontra-se em expansão.

Fonte: http://revistagloborural.globo.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui