Prorrogado uso de agrotóxicos à base de acefato em palma africana

0
329

A autorização atende a necessidade de controle de pragas por mais um ano

O uso de agrotóxicos a base de acefato nas lavouras de palma africana foi prorrogado, por um ano, a partir desta quinta-feira (23/07). A autorização, de caráter emergencial, deve-se à necessidade de controle de pragas e à ausência de produtos registrados para esse fim, segundo Luís Eduardo Rangel, coordenador-geral de agrotóxicos e afins do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com Rangel, a praga Eupalamides dedalus (broca-da-coroa do coqueiro ou broca-dos-cachos do dendezeiro) causa danos significativos à cultura de dendê, e pode comprometer a sustentabilidade das lavouras. “A medida prorroga o prazo de aprovação, já concedido para o uso desses produtos na cultura da palma, atendendo a demanda dos agricultores, que solicitaram uma alternativa viável e legal para o controle da praga”, completa.

O uso dos produtos à base de acefato será autorizado pelo Mapa desde que as empresas já estejam cadastradas. Será obrigatório para fabricantes ou formuladoras dos agrotóxicos a inclusão de informações complementares, de acordo com modelo estabelecido pelo ministério.

A decisão foi tomada em reunião do Comitê Técnico de Assessoramento para Agrotóxicos, formado pelo Mapa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama), em abril deste ano.

Fonte: http://revistagloborural.globo.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui